Estudo feito pelo WWF (Fundo Mundial para a Natureza) mostra que nosso país produz 11 milhões de toneladas de lixo plástico por ano e a maioria termina sem o destino correto.

Essa realidade precisa ser mudada

Segundo dados do Banco Mundial, o Brasil é o 4º maior produtor de lixo plástico no mundo, com 11,3 milhões de toneladas, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, China e Índia.

Desse total, mais de 10,3 milhões de toneladas foram coletadas (91%), mas apenas 145 mil toneladas (1,28%) são efetivamente recicladas, ou seja, reprocessadas na cadeia de produção como produto secundário. Esse é um dos menores índices da pesquisa e bem abaixo da média global de reciclagem plástica, que é de 9%.

Mesmo parcialmente passando por usinas de reciclagem, há perdas na separação de tipos de plásticos (por motivos como estarem contaminados, serem multicamadas ou de baixo valor). No final, o destino de 7,7 milhões de toneladas de plástico são os aterros sanitários. E outros 2,4 milhões de toneladas de plástico são descartados de forma irregular, sem qualquer tipo de tratamento, em lixões a céu aberto.

Impacto socioambiental

A poluição do plástico afeta a qualidade do ar, do solo e sistemas de fornecimento de água. Os impactos diretos estão relacionados a não regulamentação global do tratamento de resíduos de plástico, ingestão de micro e nanoplásticos (invisível aos olhos) e contaminação do solo com resíduos.

Impacto na saúde

Micro e nanoplásticos vêm sendo ainda consumidos por humanos via ingestão de sal, pescados, principalmente mariscos, mexilhões e ostras. Estudos indicam que 241 em cada 259 garrafas de água também estão contaminadas com microplásticos. Apesar de alarmante, ainda são pouco conhecidos os impactos desta exposição humana, a longo prazo. Saiba os impactos dos microplásticos no corpo humano.

A solução

O plástico biodegradável tem sua decomposição acelerada por causa da matéria-prima utilizada na sua criação.

O principal ponto a ser observado sobre o plástico biodegradável, sem dúvida, é o ganho da natureza e da saúde. Afinal, além de serem praticamente inofensivos ao ambiente, o ser humano é recompensado com uma melhor qualidade de vida.

Além disso, permitem a reutilização ilimitada dessas embalagens, o que não acontece com o plástico comum.

Faça escolhas conscientes e benéficas a todo o meio ambiente.

Conheça a nossa linha de produtos TudoBiodegradável.