Pesquisa realizada nos Estados Unidos pelo grupo US Foods mostra que, 28% dos entregadores “beliscam” os alimentos antes de fazer a entrega.

A US Foods (distribuidora de alimentos dos Estados Unidos), que realizou a pesquisa com os prestadores de serviços como: Uber Eats, Grubhub, DoorDash e Postmates – companhias comparáveis a iFood e o Rappi, no Brasil, fez um levantamento com 500 entregadores, e 1.500 usuários do serviço de entrega, para saber seus “hábitos e pontos problemáticos”. E afirma que, 28% dos entregadores provam a comida dos clientes antes de ser entregue e 54% assumem sentir vontade de experimentar a comida.

Já os consumidores, há desconfiança. Mostra que 21% dos clientes já suspeitaram que a sua entrega tivesse sido aberta no trajeto do restaurante até a sua casa. E 85% deles acreditam que a solução seria vedar o pedido por completo, impossibilitando que os entregadores o abrissem.

Nos Estados Unidos já foram registrados inúmeros flagrantes dos entregadores beliscando a comida, e depois guardando como se nada tivesse acontecido, devido a não uso dos lacres nos alimentos transportados. Que por sua vez são recomendados, mas não são obrigatórios.

E o problema se repete em outros países, como por exemplo a Índia, que viralizou o vídeo de um entregador que comeu toda a comida e depois guardou na bolsa de entrega.

No Brasil não há pesquisa sobre o assunto, mas há legislações que protegem os consumidores. Na cidade de São Paulo desde 2008, todos os restaurantes que fazem delivery são obrigados a usar lacres nos alimentos que estão entregues, o mesmo tem acontecido em Curitiba desde 2010.

Sabendo destas informações, aproveite para se prevenir com os potes lacráveis da TudoBiodegradável, assim ninguém ficará beliscando a sua comida, além de ser reutilizáveis, recicláveis e biodegradáveis, podem ir no forno micro-ondas e freezer.